domingo, 4 de maio de 2014

Vou comentar um pouquinho do Evangelho lindo que tive a benção de ouvir na semana passada, 
em minha Casa Espírita.


O Evangelho foi maravilhoso e o tema abordado foi a respeito do quanto podemos aprender com as crianças.



Muitas vezes imaginamos que as crianças são ingênuas, não sabem nada sobre a vida, não têm experiência e conhecimento suficiente para opinar.

Mas estamos muito enganados, pois o fato de que as crianças reencarnaram há pouco tempo, elas estão mais próximas do mundo espiritual do que nós, elas possuem a pureza de pensamento, a alegria gratuita, o encantamento pelas coisas mais simples, que nós infelizmente perdemos, pois nos deixamos corroer pelas preocupações, pelos problemas sociais, pelas tragédias que vemos incessantemente todos os dias pelos meios de comunicação e ficamos muito apreensivos em relação a tudo neste mundo.


E quando podemos conviver com uma criança, podemos perceber a capacidade singela e linda com que ela cria um mundo de brincadeiras com coisas simples, tudo se transforma em instrumento de alegria para ela, e quando se cansa, a criança deixa seus brinquedos nas mãos de sua mãe, ou de alguém importante em sua vida.

Estes brinquedos, que para a criança representam tesouros, estão seguros, pois ela confia plenamente que sua mãe vai cuidar bem de tudo aquilo que é importante para  ela e assim, vai se entreter com outras coisas, sem se preocupar com seus tesouros.
E nós adultos deveríamos nos espelhar muito nas crianças, entregando todos nossos tesouros, nossas preocupações, as pessoas importantes para nós, nas mãos de Deus, como a criança que confia em sua mãe, para cuidar de tudo para nós, e continuarmos nossa vida, não ficarmos presos em nossas preocupações, pois dessa forma, não permitimos que Deus nos ajude, pois nos falta confiança verdadeira.

A confiança plena em nosso Pai Maior nos assegura a paz, a certeza de que Ele vai resolver para nós aquilo que não conseguimos, pois há muita coisa que podemos fazer, mas para aquelas que não temos condições, vamos entregar a Deus, pois Ele é o criador de tudo... é o Pai do impossível, pois todo dia é dia de milagre.
Te convido então, a viver feliz, despreocupado, com entusiasmo e paz de espírito, deixemos a vida fluir harmoniosamente, com a alegria contagiante e a simplicidade de uma criança.