segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O Maior Mandamento

"Amor ao próximo como a si mesmo; fazer aos outros o que nós queríamos que os outros nos fizessem" é a expressão mais completa da caridade, pois resume todos os deveres para com o próximo. A esse respeito, não pode haver guia mais seguro que tomar o que se deseja para si como medida do que se deve fazer aos outros. Com que direito se exigirá de seus semelhantes melhores procedimentos, indulgência, benevolência e devotamento, se, por sua vez, não se agir assim para com eles? A prática dessas máximas leva à destruição do egoísmo. Quando os homens as tomarem como regra de conduta e como base de suas instituições, compreenderão a verdadeira fraternidade, e farão reinar entre si a paz e a justiça. Não mais haverá ódios nem dissensões, mas união, concórdia e benevolência mútua."

Allan Kardec - O Evangelho segundo o Espiritismo , cap. XI