sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Fazendo Amizade com o Dinheiro


"- A riqueza do Universo manifesta-se de infinitas formas e de diversas maneiras. 
Inclusive através de você e de mim. Cada um de nós tem o poder de criar uma parte dessa 
riqueza e de desfrutar a abundância que o Universo nos oferece. - Mas essa riqueza o dinheiro não compra, não é? —disse Você, querendo checar se 
estavam certos os seus insights sobre o dízimo. 
- O dinheiro nos permite fazer coisas que ele não compra. Seu valor é muito maior 
do que está escrito na cédula ou no extrato financeiro. Ele é um meio que o homem tem 
para entrar em contato com essa riqueza. E um veículo que nos leva a Transmitir uma 
mensagem de grande poder, um passaporte para o desfrute da abundância que há no 
mundo, e ao mesmo tempo nos ensina a lidar com ela. O dinheiro é uma representação da 
energia vital. 
Ele percebeu em Você um certo espanto e emendou, adivinhando o motivo das suas 
dúvidas: 
—Gostar de dinheiro não é pecado, embora tanta gente acredite que seja. Ter 
ambição de ganhar dinheiro e ficar rico também não é problema. Esses sentimentos são, 
na verdade, altamente positivos, quando estão voltados para a felicidade e para a 
realização. Ter ambição é ótimo, quando se faz o jogo do ganha-ganha. 
- Que jogo é esse? 
- É o jogo da Criação permanente, o jogo da vida. O Universo é potencialmente um 
lugar abundante. Tem para todo mundo. Foi construído para que todos ganhem, para que 
todos criem e todos desfrutem. Quem joga para ganhar por conta da perda do outro está 
provocando desequilibrio ecológico no Universo. Jogar na base do ganha-perde não dá 
certo para nenhum dos lados, porque se gasta mais energia do que se produz. Não é uma 
ação sintonizada com o Universo. É um ato entrópico. É entropia ao invés de sintropia. A 
sintropia é o modo como os seres evoluem no Universo. 
Entropia, sintropia, Você fica perplexo com o vocabulário usado por ele. Mas decide 
seguir adiante no assunto da conversa e procurar mais tarde, no dicionário, o significado 
desses termos. 
- Quer dizer que todos poderiam ser ricos? 
- Somente se todos fossem prósperos. Prosperidade é muito diferente de riqueza, é 
muito mais. A Prosperidade individual é a harmonia com a Prosperidade do Universo. E 
essa sintonia espiritual com o Universo tem como uma de suas conseqüências mais 
imediatas a Prosperidade material, ou seja, o poder de ganhar mais dinheiro. 
- Ganhar dinheiro é ter Prosperidade? 
- Prosperidade não é só riqueza financeira. É também saúde e amizade. Não adianta 
somente acumular dinheiro, pois ele não resolve nada sozinho. É preciso ter saúde para 
desfrutá-lo e para fazer com que ele continue produzindo mais riqueza. E não adianta 
somente dinheiro e saúde, sem amizade, bem-estar, e sem energia necessária para 
produzir mais riqueza. 
- Dinheiro não traz Prosperidade? 
- Não. A Prosperidade é que traz dinheiro. Você vai encontrar na vida pessoas ricas que se 
comportam como pobres. E pobres que se comportam como se fossem ricos, com tudo 
pago, sem nem gastar do seu, com todo o conforto do mundo. Se a pessoa é rica mas não é 
próspera, seu dinheiro se acaba e ela não fica rica nunca mais."

Trechos do livro "Fazendo amizade com o dinheiro" - Lair Ribeiro