sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Use sua inteligência a seu favor

“A vida é trabalho constante. Se você não usar sua inteligência, você não vai a lugar nenhum.”
Luiz Gasparetto



        Todos nós somos importantes neste mundo, fomos criados com alguma finalidade, Deus jamais erraria em Sua criação. Se nós estamos aqui, há um sentido perfeito e, por isso, Ele nos criou e nos fez com determinados dons.
        À medida que nós abrimos as portas, Deus cria oportunidades para manifestarmos nossos dons, mas Ele nos criou com o livre arbítrio e, portanto, somente pode nos ajudar se nós permitirmos e confiarmos Nele.
        A máxima bíblica exemplifica muito bem esta ideia:

“Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta.”
Matheus 7:7

        A natureza colocou em cada um de nós certos dons. Quando nós damos força para nosso dom, tudo se realiza.
        Além disso, nosso talento é utilizado para promover grandes melhorias no mundo e isso influencia a todos a nossa volta.
      Pense como seria a nossa vida sem os inúmeros recursos tecnológicos, sem a energia elétrica, sem as vacinas e os medicamentos indispensáveis para nossa saúde, sem pesquisas que promovam nosso progresso em todos os setores.
        Enfim, não seria nada fácil se a humanidade não tivesse alcançado o progresso de que dispõe hoje e isso só foi possível graças aos grandes inventores que acreditaram em seus talentos e utilizaram os dons que Deus lhes deu.
        Podemos entender claramente que nossa inteligência é uma missão que Deus nos confia através desta passagem do Evangelho segundo o Espiritismo, de Allan Kardec:

“Se Deus, nos seus desígnios, vos fez nascer num meio onde pudestes desenvolver a vossa inteligência, foi por querer que a usásseis em benefício de todos. Porque é uma missão que Ele vos dá, pondo em vossas mãos o instrumento com o qual podeis desenvolver, ao vosso redor, as inteligências retardatárias e conduzi-las a Deus.”

       Deus criou todos seus filhos ricos de inteligência, cheios de capacidades para alcançar o progresso, em todos os sentidos, progresso moral, financeiro, intelectual, afetivo, enfim, em tudo em nossa vida.
        Se Deus tivesse dado inteligência maior para alguns, isto seria privilégio, e qualquer privilégio seria injusto. Como imaginar algo injusto vindo de Deus? Ele é nosso Pai de Justiça e de Amor e, portanto, jamais iria privilegiar algum de seus filhos e menosprezar outros.
        A todos são oferecidas muitas oportunidades, qualquer pessoa pode procurar conhecimento numa biblioteca, fazer cursos gratuitos para aprender algo novo e assim poder melhorar na profissão, ou procurar um trabalho que realmente vai lhe dar alegria, satisfação pessoal e financeira.
       Mas a maioria das pessoas não aproveita seus dons, não faz sua estrela brilhar justamente porque não acredita ser capaz de conseguir mais, não realiza o poder criador que Deus lhe concedeu e perde as oportunidades de crescimento.
        O melhor presente para um pai é ver seu filho utilizando, da melhor maneira possível, tudo que lhe deu.
        Assim funciona com Deus em relação a nós, Ele se satisfaz quando usamos todos os dons magníficos com os quais Ele nos presenteou.
       Esta passagem do Evangelho Segundo o Espiritismo nos esclarece como devemos empregar a nossa inteligência:

“A riqueza de inteligência deve servir-te como a do ouro. Espalha em torno de ti os tesouros da instrução; espalha sobre teus irmãos os tesouros de teu amor, e eles frutificarão.”
Cheverus. Bordeaux, 1861

       E para que todas as dádivas que Deus nos deu se manifestem precisamos confiar em nós, acreditar que somos dignos de todo o amor de nosso Pai Celestial, que merecemos a prosperidade que o Universo tem para nos oferecer.
       Quando irradiarmos amor e compreensão ao nosso redor, e começarmos a enxergar a nós mesmos com os olhos que Deus nos vê, os planos divinos Dele para cada um de nós certamente serão concretizados.
        Assim sendo, precisamos mudar nossa atitude, nos colocar na posição de seres divinos e, justamente por esta razão, merecedores do melhor, pois desta forma, o caminho para a prosperidade estará muito mais próximo.

       Vamos então, aproveitar o poder criador e os infinitos dons que Deus nos deu, acreditando em nosso potencial, que somos seres celestiais, filhos da Inteligência Maior do Universo e que, portanto, somos herdeiros por direito de toda Sua riqueza e prosperidade.

Rosemary Elza Finatti - do livro "Brilharemos como Estrelas numa Noite de Verão. 
                 
   Este é um dos capítulos do meu livro que mais amei escrever!